Manual para cabelos saudáveis

Já que os cabelos são a moldura do rosto, alguns cuidados nunca são demais. Um cabelo sempre macio e sedoso é o sonho de todas nós. Engana-se quem pensa que esse resultado só pode ser obtido com o auxílio de um profissional. Claro que para tratamentos mais elaborados, cortes e principalmente para a aplicação de químicas, a ida ao salão é fundamental. Alguns hábitos adotados no cotidiano garantem fios saudáveis e invejáveis.
Confira agora alguns dos algozes dos nossos fios...
  • Água salgada e sol prejudicam a fibra capilar. Outro vilão silencioso é o ar condicionado, que diminui a umidade do ar e deixa os fios ressecados. O aparelho emite íons negativos que aumentam o efeito frizz e desidrata o cabelo. 
  • Alimentação errada, além de prejudicar a saúde, também provoca a queda. Ao reduzir a reserva de ferro no organismo, você afeta diretamente a manutenção do cabelo e ele cai.
  • Banhos muito quentes tiram a proteção natural e ressecam o cabelo.
  • Desde os tempos da vovó ouvimos dizer que cortar o cabelo regularmente faz com ele cresça mais rápido. Segundo os dermatologistas, o corte melhora e muito a aparência. Isso porque as pontas ficam expostas aos fatores externos mais tempo que a raiz, causando então, as terríveis pontas duplas. Mas não influi no crescimento.
  • E se você gosta de passar a mão no cabelo muitas vezes ao dia (como eu), com certeza terá um cabelo oleoso e opaco. A gordura da mão ou do couro cabeludo é passada para os fios, estimulando a proliferação de sebo.
  • Usar o cabelo preso, especialmente nestes dias tão quentes é ótimo. Porém, precisamos prestar atenção ao tipo de prendedores que usamos e o tempo que ele fica preso, porque além de quebrar os fios, com o passar do tempo o cabelo também pode começar a cair quando o prendemos frequentemente e por longos períodos. Evite prendedores de silicone e não deixe os fios muito repuxados para não enfraquecê-los. Se for inevitável usar o penteado durante o dia, os pauzinhos de madeira ou plástico, também conhecidos como hashi, podem ser uma boa alternativa. Quem gosta ou precisa usar gel diariamente também não pode se descuidar. O produto destrói os poros dos fios e atrapalha o crescimento. O ideal é optar pelo gel sem álcool e sempre retirar o produto do cabelo antes de dormir.
  • O hábito de dormir com o cabelo molhado também podem ser prejudicar, causando queda.
  • Nunca deixe o creme de tratamento por mais tempo do que o recomendado no rótulo da embalagem. É de suma importância respeitar a recomendação que vem escrita no modo de usar de cada produto para que se obtenha um resultado satisfatório. Se deixar por mais tempo, ao invés de hidratar as madeixas, eles ficarão oleosas. Outra dica é nunca usar o produto direto na raiz. Passe o creme no comprimento em direção às pontas. Colorir e relaxar no mesmo dia é suicídio para o cabelo.     O intervalo ideal para colorir após relaxar é, segundo especialistas, de 30 dias e pelo menos 15 dias depois parar uma nova coloração.
  • O intervalo ideal entre colorir após relaxar é, segundo os dermatologistas é de 30 dias e pelo menos 15 dias depois para uma nova coloração.
  • O ideal é nunca fazer aplicação de química sem ajuda de um profissional, mas caso seja necessário, não se esqueça antes de realizar o teste da mecha. É através dele que você vai conhecer as condições do cabelo e o tempo certo que o produto precisará permanecer antes da lavagem.O intervalo ideal para retoque de relaxamento e alisamento é de 90 dias. Este é o tempo médio que o cabelo gasta para apresentar crescimento. Aplique o produto sempre a 1cm da raiz apenas na parte crescida. 
Quanto ao uso frequente de secadores e chapinha, já fiz aqui uma postagem com detalhes que ajudarão bastante a quem não vive sem esse dois amiguinhos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário